quinta-feira, 12 de novembro de 2015

LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS EM AÇÃO


ANIMAIS COM HÁBITOS DIURNOS E NOTURNOS


A Prof.ª Kelly em parceria com a Prof.ª Cássia levaram os alunos do 3º ano G ao Laboratório de Ciências para observarem e interagirem com algumas espécies de animais estudadas em sala de aula.


Os animais com hábitos diurnos são aqueles que possuem dois tipos de fotorreceptores: os bastonetes e os cones. Esses animais conseguem projetar imagens com cores.

Os animais diurnos têm uma visão mais desenvolvida do que os animais de hábitos noturnos. Eles conseguem se locomover e caçar com mais facilidade durante o dia.

Muitos animais fazem parte desse grupo. As espécies diurnas estão adaptadas para realizarem suas atividades na luz do dia.

Um bom exemplo de animal diurno é o camaleão, que utiliza a luz do dia para se camuflar. Essa espécie costuma ser mais ativa no período da manhã e no final da tarde.







Os animais noturnos tem olhos que possuem apenas bastonetes – tipo de fotorreceptor da retina do globo ocular que são extremamente sensíveis à luz, aproveitando o máximo dela, mas não são capazes de distinguirem cores. 

Ao contrário dos animais noturnos, os animais diurnos possuem os dois tipos de fotorreceptores: os bastonetes e os cones. Esses últimos permitem as imagens projetadas de obterem cor, por isso, enquanto os animais diurnos obtêm as imagens coloridas, como os humanos, os animais noturnos não possuem essa visão.


                







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Professores 2017

Funcionários 2017